Artigo da Semana

Aqueles que não buscarem entender as mudanças que estão acontecendo no plano das relações afetivas sofrerão decepções e desgostos sucessivos.

Hoje somos mais exigentes de qualidade de vida, menos preparados para sofrimentos e, com razão, intolerantes àqueles que podem ser evitados.

Uma das causas que tem tornado o convívio amoroso mais exigente é o cotidiano dos solteiros: a qualidade de vida deles está cada vez melhor.

Penso que só serão duradouros os elos amorosos capazes de gerar uma qualidade de vida mais gratificante do que o modo de vida dos solteiros.

Sempre existirão diferenças significativas entre os membros de um casal: a individualidade crescente pede respeito por elas e não concessões.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chave de Ativação do Nero 8

Como funciona o pensamento conceitual