Que Inveja!

Existem situações em que as manifestações invejosas são bem mais complexas: é o caso da inveja de quem possui alguma propriedade inatingível.

A inveja entre os sexos está longe de ser rara: meninas que crescem com "inveja do pênis" (Freud) vivem em disputa mesmo com os que amam.

Homens que lidam mal com a frustração porque o desejo visual não é correspondido tendem a ser machistas: por inveja, depreciam as mulheres.

Pessoas mais baixas que invejam os mais altos, os menos dotados que invejam os mais belos e fortes estão se condenando à eterna infelicidade.

A inveja se atenua naqueles que evitam se comparar com os outros e tomam a si como referencial: "hoje estou melhor do que há alguns anos?"

A inveja se atenua nos que aceitam com mais docilidade suas limitações inatas e se dedicam ao pleno desenvolvimento de suas potencialidades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como funciona o pensamento conceitual

Significado dos Dias da Semana

Chave de Ativação do Nero 8