Praia ao Luar



Um lugar simples, como uma praia ao luar...a lua brilha na atmosfera ,nos iluminando.. caminhamos juntos pela areia, em direção ao mar...as explosões das ondas, a maresia.. nos transmitiria uma sensação de calma e paz.. e sentaríamos à beira mar, abraçados.. a sua pele estaria em contato com a minha.. os meus cabelos esvoaçando ao sabor do vento.. e você começaria a beijar os meus lábios.. E eu prefiro que um beijo ocorra quando estamos a sós, lado a lado.. eu estaria à sua direita, te olharia em seus olhos.. não estaríamos dizendo nada.. nem uma palavra...e você ficaria a olhar para mim...só a respiração que se faria ouvir.. e você se aproximaria pouco a pouco...a sua mão a tocar o meu rosto...os seus lábios encontrariam os meus.. de leve.. os olhos de ambos estariam fechados.. você estalaria alguns beijos em minha boca.. e então começaria a me beijar os lábios inferiores ..e avançaria cada vez mais até envolver toda a minha boca.. e a sua língua começaria a deslizar por meus lábios.. percorrendo-os.. até penetrar em minha boca.. e encontrar a minha língua.. ambas se enrolariam ..e se sugariam mutuamente....envolvendo –se numa dança meio que erótica.. meio que sensual ..e sua mão estaria agora em minha garganta, pressionando-a levemente.. carinhosamente.. e após as nossas línguas se separarem, você ficaria a sugar meus lábios.. por um canto.. às vezes por outro ..e os morderia de leve.. e novamente as nossas línguas se encontrariam.. a assim por diante ... até ouvir uma respiração excitada.. o coração batendo forte...
As suas mãos começariam a acariciar o meu corpo.. começando por minhas pernas.. alisando-as.. sentindo bem como são firmes e macias.. as mãos percorrendo devagar, se aproximando de minhas partes íntimas, já umedecidas pelo beijos que você me deu...e me acariciaria a vagina, coberta pela roupa ..e eu me deliciaria com a sensação de sua mão me tocando.. e você se abaixaria mais para poder beijar o meu pescoço, sugando - o suavemente....os meus cabelos caem sobre você , te abraçando de múltiplas formas.. e você tiraria a minha blusa, deixando aparecer os meus seios ,livres, sendo iluminados pela luz da lua.. os bicos endurecidos... como em louvor de agradecimento pela natureza que os criou.. e você os abocanharia, com sua língua deslizando por eles.. desde o pescoço até eles...você sente o meu sabor e vai caminhando em volta das auréolas .. devagar..com o propósito de endurecê-los ainda mais.. e você os suga, abocanhando-os inteiros.. a sua língua lamberia o contorno deles ..a sua mão já estaria em meus quadris, segurando-os .. as minhas mãos em seu corpo.. te acariciando ..Logo, você abaixa ainda mais ..e beija com carinho o meu ventre.. de modo a provocar arrepios em meu corpo.. um gemido mal disfarçado de prazer, ressoa pelo ambiente.. e você começa a retirar as minhas últimas peças de roupa, para que eu fique nua em sua frente.. banhada pelos raios da lua ,refletidos pelos fios dos cabelos compridos.. e como se fosse uma bela visão.. digna de se pintada e imortalizada por Michelângelo...o meu corpo passaria a sofrer com o ataque de beijos e lambidas ávidas ,em todas as partes de meu ser. A minha vagina pulsaria de excitação...úmida como o rastro daquela onda que se foi.. seus dedos me penetrariam.. mergulhando em meu interior íntimo.. e os meus lábios seriam afastados, para que você possa ter uma visão de meu lado proibido..e veria o nectar escorrendo deles.. o seu dedo a desaparecer dentro de mim.. o calor que eu emano.. e você beijaria prolongadamente o meu clitoris.. como se fosse uma segunda boca ..e com algumas mordidas de leve para estimular meus centros de prazer.. e levar-me a uma estado de pura excitação.. cheia de desejo para te sentir ..e você retiraria o dedo após passar uma espécie de eternidade dentro de mim.. você o observa totalmente molhado ..aquecido pelas minhas entranhas..e o chuparia para provar de meu sabor... e compartilharia comigo. E eu retiro as suas roupas.. você fica nu em minha frente, com o pênis em riste.. latente.. endurecido como uma barra de ferro forjado por um deus chamado Volcano , que era o deus do fogo e mestre das artes da metalurgia.. e o entregaria para mim.. que cuidaria com carinho.. através de meus beijos, dados na cabeça dele.. os meus seios junto a ele, abençoando – o no seu caminho para as profundezas de meu ser...a minha língua deslizando por ele, umedecendo – o e assim continuaria repetidamente.. e você já com o coração descompassado também com esta atmosfera que nos embriaga, me levantaria e me encostaria à uma das pedras que está ao lado e pede que eu a abrace.. o barulho das ondas .. e então você levantaria uma de minhas pernas.. deixando meu bumbum mais arredondado na luz.. e meu sexo estaria mais exposto ..você penetraria a minha vagina lentamente por trás ..e uma de suas mãos estaria abraçada a mim, estimulando o meu clitoris.. você sente os meus gemidos de prazer.. e como um felino, você morderia a minha nuca, descendo um pouco mais como se prendesse sua fêmea para o ato.. e eu nada poderia fazer, restando aguardar o momento ...nossa excitação se torna evidente.. e o seu pênis a penetrar-me ..você sente prazer em ver meus lábios te engolindo.. as minhas pregas envolvendo o tronco dele.. desaparecendo dentro de mim.. e então eu contraio o bumbum, apertando seu pênis nas paredes da minha vagina.. prendendo – o e eu seguro o máximo possível.. sentindo deliciosamente o seu calor.. como é prazeiroso ter você dentro de mim.. o meu prazer aumenta.. e eu relaxo.. permitindo –lhe iniciar um movimento de vaivem...e depois de algum tempo, eu contraio meu bumbum novamente, prendendo – te de novo por mais algum tempo, te soltando depois. .e assim eu faria de vez em quando.. você seguraria os meus quadris..o suor começa a escorrer pelas suas costas.. as vezes pingando de sua testa e caindo em meu corpo.. o meu bumbum brilha com o suor, tornando-o mais desejável ... o orgasmo começa a chegar.. as sensações tornam –se mais intensas... e de repente como uma explosão das ondas do mar que são jorradas quando se chocam umas às outras vigorosamente.. sinto teu esperma se chocar contra o meu útero, percorrendo e preenchendo toda vagina.. eu me delicio.. você afasta meus cabelos compridos e grudados em minhas costas, me abraçando demoradamente.. nossa respiração vai se tranquilizando aos poucos.. você me dá sua mão e me convida para deitarmos na areia e continuarmos abraçados.. trocando alguns beijos de carinho, sob este luar maravilhoso que inspirou a gente se amar assim Posted by Picasa

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como funciona o pensamento conceitual

Inteligência e pensamento

Significado dos Dias da Semana