Divisão dos Bens

Dois amigos se encontram depois de muitos e muitos anos. Mas muitos anos mesmo, assim...

— Caramba, Maurício! Como é que vai você, rapaz? Que você fez da vida em todos esse anos?

— Ahh, vou indo, Luís. Eu já casei, tive filhos, me separei e já foi feita até a partilha dos bens.

— E as crianças?

— Bom, o juiz decidiu que ficariam com aquele que mais bens recebeu.

— Então elas ficaram com a mãe?

— Não, na verdade elas ficaram com nosso advogado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como funciona o pensamento conceitual

Significado dos Dias da Semana

Chave de Ativação do Nero 8