30 de Junho de 1993

15 Anos Atrás:

A Polícia Civil prende Bill do Borel em um sítio em Magé (RJ).

 

Entenda o Caso:

Bill, em liberdade condicional, volta a comandar o tráfico no Morro do Borel

O homem que aterrorizou o bairro da Tijuca no início da década de 90 está de volta ao mundo do crime.  Nelson da Silva, o Bill do Borel, de 39 anos, preso em 1993 e condenado a 15 anos de prisão por tráfico de drogas e associação para o tráfico, ganhou liberdade condicional em fevereiro de 2004 e, segundo a inspetora Marina Maggessi, reassumiu o controle da venda de drogas no Morro do Borel.  As investigações também revelam que a maioria dos bandidos que participaram da invasão à Favela da Rocinha na Sexta-Feira Santa partiu do Morro do Borel a mando de Bill.
—  Ele acolheu o Dudu (Eduíno Eustáquio de Araújo, que comandou o ataque à Rocinha) no Borel.  Fizemos uma operação no morro às 5h, mas eles tinham saído de lá às 3h  — contou a inspetora da Polinter Marina Maggessi, na época chefe do Centro de Inteligência da Polícia Civil (Cinpol).
A decisão para que ele reassumisse o posto de chefe do tráfico no morro teria partido de Isaías Rodrigues de Silva, o Isaías do Borel, tio de Bill e que está preso em Bangu III.
Mesmo antes de assumir o controle das “bocas-de-fumo” do Borel, em 1990, Bill já era conhecido como um dos bandidos mais cruéis de sua época.  Dois anos antes, ainda “gerente” do tráfico, mandou decepar a mão esquerda de um rapaz que roubara a casa de uma moradora da favela.  No dia 26 de novembro de 1992, 21 jovens de 12 a 22 anos, acusados de fazer arrastões nas linhas de ônibus que passam pela Tijuca, foram punidos com tiros nas mãos.  Isso porque uma das vítimas teria sido uma de suas namoradas, que ficou sem um anel dado por ele.  Além disso, Bill era conhecido por seqüestrar médicos para tratar de traficantes na favela.  Quando assumiu o tráfico no morro, sua primeira medida foi proibir as crianças da comunidade de estudar no Ciep Dr. Antoine Magarinos Torres Filho, na Rua São Miguel.

Caso de Bill lembra o de Magno da Mangueira

A saída de cadeia em liberdade condicional e a volta ao mundo do crime não são uma exclusividade recente de Bill.  O traficante Magno Fernando Soeiro Tatagiba de Souza, o Magno da Mangueira, que estava na condicional desde 4 de novembro de 2002, foi preso no dia 27 de agosto deste ano por agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes e da Polícia Federal na Rodovia Niterói-Manilha, em São Gonçalo.  Dentro do Fiat Tipo em que estava com dois homens havia um quilo de cocaína.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como funciona o pensamento conceitual

Significado dos Dias da Semana

Chave de Ativação do Nero 8