Costinha

Costinha
Costinha (1923-1995), comediante brasileiro. Lírio Mário da Costa tinha nome de flor mas, durante anos, foi o terror de mamães, que o consideravam pornográfico. Costinha conseguiu sucesso em TV, apesar de basear seu humor em pesadas piadas sexuais, tendo os homossexuais como seu tema favorito. A habilidade para fazer caretas, com sua cara quase de borracha, garantiu a popularidade na tela pequena mesmo sem contar as piadas impróprias, sempre com palavrões, que o tornaram famoso nos palcos, em espetáculos sob medida como O donzelo e O exorsexy.
Foi um dos raros comediantes de sua geração a apostar firme no cinema, estreando na tela ainda em 1949, em Anjo de lodo, de Lulu de Barros, e estrelando na década de 1970 filmes como Costinha, o rei da selva (1976) e Costinha e o King Mong (1977). Seu último trabalho cinematográfico foi em O mandarim (1995), filme de Júlio Bressane.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como funciona o pensamento conceitual

Significado dos Dias da Semana

Chave de Ativação do Nero 8